Por que os militares têm cabelos curtos?

É comum, e até mesmo indicado aos militares manterem os cabelos curtos durante a prestação do serviço militar, mas você sabe por que?

Trata-se de um costume relativamente “novo”, considerando que antes da Primeira e da Segunda Guerra Mundial, o habitual era ver os soldados de cabelo e barbas grandes, os quais eram até mesmo símbolo de masculinidade entre os germânicos.

No século 17, os soldados europeus inclusive usavam cabelos longos para se distinguir de seus servos, que eram obrigados a cortar seus cabelos.

Então, qual a razão para ter sido adotada a “moda” do cabelo curto?

Após a Primeira Guerra Mundial, o uso dos bigodes e barbas começaram a ser descartados, pois eram incômodos ao colocar a máscara de gás.

Assim, durante a Segunda Guerra Mundial, se impôs definitivamente o barbear e o corte de cabelos, considerando a padronização da tropa, a higiene dos militares e, também, em razão da segurança destes, que podiam prender os cabelos em armas, causando acidentes até mesmo fatais.

A partir de então estabeleceu-se o costume e a obrigatoriedade dos cabelos curtos e barbas bem feitas.

Gostou do post? Curta e compartilhe!

Jalil Gubiani Advogados | advogadomilitar.adv.br

#jalilgubianiadvogados #advocaciamilitar #advogadomilitar #direito #direitomilitar #advocacia #advogada #justiça #militar #forcasarmadas #forcaaerea #forcaareabrasileira #exercitobrasileiro #marinhadobrasil #processoadministrativomilitar

Laís Jalil Gubiani
Laís Jalil Gubiani
Laís é advogada especialista em Direito Militar. Com mais de 10 anos de experiência na defesa dos militares com muitos êxitos em diversos temas relacionado ao Exército Brasileiro, Marinha do Brasil e Aeronáutica.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

WhatsApp chat